O mercado empreendedor é incerto e imprevisível. Nem a melhor ideia do mundo é garantia de um negócio lucrativo e bem-sucedido, e até mesmo empresas que já nascem com certo tamanho e uma base burocrática e gestora bem estabelecida e preparada têm de lidar com a imprevisibilidade do mundo dos negócios. Agora imagine como esse cenário se apresenta para o Microempreendedor. É preciso ter coragem para arregaçar as mangas e começar sozinho seu próprio negócio em panorama tão instável.

É por saber dessa coragem que damos apoio incondicional ao pequeno empresário. O MEI, apesar de negligenciado é uma classe empresarial passível de atenção e investimentos, e nós podemos provar.

De acordo com a Receita Federal, hoje no Brasil, existem cerca de 8,4 milhões de MEI. Isso é uma grande quantia, então para manter a praticidade e objetividade, tratemos apenas do mercado capixaba.

Em todo o Espírito Santo, até o atual momento temos pouco mais de 217 mil microempreendedores individuais, sendo os segmentos com mais profissionais o comércio varejista de roupas e acessórios, serviços de cabeleireiro, manicure e pedicure, e obras de alvenaria. Vila Velha é a cidade com maior concentração (pouco mais de 32 mil profissionais), seguida respectivamente por Serra, Cariacica e Vitória. Para questão de comparação, o total de empresas ativas no estado é por volta de 385 mil.

Sabendo que cada MEI pode arrecadar até R$ 6.750,00 reais por mês, com uma multiplicação básica podemos observar que a categoria tem potencial para movimentar uma quantia de mais de 1,4 bilhão mensalmente, o que equivale a cerca de 17 bilhões por ano que se devem única e exclusivamente ao microempreendedor individual. Diante desses dados fica bem clara a relevância do MEI na economia de nosso estado.

A facilidade burocrática também é um atrativo. Enquanto outras conjunções empresariais podem levar até 60 dias para serem abertas, em Cachoeiro do Itapemirim em até 15 dias se dá o processo de abertura do MEI, CNPJ, liberação de nota fiscal de serviço e alvará de localização para empresas de baixo risco. Essa espera pode ser menor ainda, em Vitória por exemplo, a demora é de apenas 2 dias úteis. Todo o processo de abertura é feito de maneira gratuita e até no que diz respeito a impostos o MEI simplifica. Por se enquadrar na categoria de SIMEI, o imposto pago pela categoria é de R$ 50,90 para comércio/indústria, R$ 54,90 serviços e R$ 55,90 comércio/indústria e serviços.  

As vantagens são numerosas, mas se ainda restam dúvidas sobre o quão receptivo o mercado se encontra vamos a mais dados. De acordo com o Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, no ano de 2018 mais de 2,5 milhões de novas empresas foram criadas, sendo que 2,04 milhões eram MEI, 81,4% são MEIs. Isso indica uma abertura e disposição mercadológica para receber esses empreendedores.

É por entender a necessidade do mercado e o potencial desses profissionais que nós da Olá Wolff temos por objetivo facilitar ainda mais esse processo. Utilizamos tecnologia de ponta como transformador das relações burocráticas e facilitador da abertura de empresas. Trabalhando com AI e blockchain nosso compromisso é simplificar ao máximo todo o processo burocrático, realizando desde a abertura até sua manutenção para permitir que você, empreendedor solo, ganhe tempo e possa focar apenas em seu serviço e produção.

Nosso software de inteligência artificial aprende e está sempre se aprimorando de modo a auxiliar o MEI em qualquer dúvida que seja sobre sua legislação, funções e processos e sobre o funcionamento de nossa plataforma. Por trás de nosso sistema transparente e inteligente existe uma equipe qualificada e comprometida a entregar a melhor experiência possível para o usuário.

A Olá Wolff está vindo para ressignificar o empreendedorismo. E é com um voto de confiança de empreendedor para empreendedor que nós queremos ser o banco que abre a sua empresa.

Publicar Comentário