Seja por escolha ou por necessidade um crescente número de pessoas tem começado a trabalhar de maneira autônoma. Essa é uma série de postagens feita na medida pra quem pensa em abrir um negócio próprio, mas não sabe por onde começar. No texto de hoje vamos falar tudo sobre MEI.

O que é MEI?

O termo MEI (Microempreendedor Individual) se refere a um profissional autônomo (seja comerciante ou prestador de serviço) e é o tipo mais simples de empresa formal permitida por legislação. O registro permite que o profissional possua um CNPJ, sendo assim capaz de fornecer nota fiscal, além de oferecer diversas vantagens como amparo legal e segurança jurídica, melhores condições para obtenção de crédito e soluções financeiras para seu empreendimento, compra de produtos com descontos direto do fornecedor, garantia de acesso aos benefícios do INSS (aposentadoria, auxílio-doença, salário-maternidade, pensão e auxílio-reclusão) e possibilidade de prestar serviços a um maior público. 

O registro é gratuito e por se enquadrar no SIMEI, o imposto único mensal a ser pago gira na faixa de R$55 reais, muito mais simples e barato que o de pequenas e médias empresas, e ainda livra o profissional da necessidade e possuir um contador.

Quem pode ser MEI?

Existem alguns requisitos que definem se o profissional se enquadra ou não na categoria. São eles:

  • Ter no mínimo 18 anos (ou 16 em caso de emancipação)
  • Ter no máximo um funcionário 
  • Não ter participação em outras empresas, seja como titular, administrador ou sócio
  • O faturamento bruto mensal não pode ser maior que R$6750,00 reais, ou R$81 mil por ano
  • A atividade realizada deve se enquadrar nas permitidas para os profissionais

Lembrando que o profissional pode realizar mais de uma atividade econômica. Além da atividade principal ele pode registrar até quinze ocupações secundárias de acordo com o CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas).

Após feita a formalização o MEI recebe um alvará provisório de funcionamento válido de 6 meses, assim como o Certificado da Condição de Microempreendedor Individual – CCMEI. A abertura é bem simples de ser realizada, não tem custos e pode inclusive ser feita pela internet. A Olá Wolff oferece esse serviço e ainda possui um time de especialistas para auxiliar no processo. 

Ainda não sabe se vale a pena ou se o seu negócio se enquadra no MEI? Entre em contato e tire todas suas dúvidas.

Post Comment